CenterVet
Clínica Médica
Dermatite Psicogênica
 

Dermatite

Dermatite psicogênica ou dermatite por lambedura é uma enfermidade que acomete cães e gatos e vem tomando grandes proporções na clínica de pequenos animais. Uma possível explicação para o seu crescimento desenfreado está na rotina dos proprietários, que exige que os animais fiquem sozinhos por longos períodos recebendo cada vez menos atenção; a modificação da antiga rotina, tal como mudança para ambiente desconhecido, introdução de crianças na casa, também são fatores predispõe o desencadeamento da doença.
Todos esses fatores são condições comportamentais que podem gerar um quadro de stress e depressão nos animais e a
partir daí têm-se a instalação da doença e o aparecimento de lesões auto-induzidas.

Patogenia
Na depressão canina e felina, a falta de neurotransmissores muitas vezes desencadeia um comportamento crônico, excessivo e estereotipado, que se exterioriza através da lambedura de partes mais distais do corpo.
A possível explicação para o desencadeamento deste tipo de comportamento deve-se ao fato de que em animais submetidos a estresse, supõe-se que ocorra um aumento dos níveis dos hormônios indutores dos melanócitos e adrenocorticotrópicos, levando a uma maior produção de endorfinas, gerando o comportamento anormal de lambedura, devido ao seu efeito narcótico.
As lesões ocorrem mais frequentemente na porção dorsal de membros anteriores e posteriores, bem como, na região abdominal.

Sintomatologia
A sintomatologia e evolução do quadro resumem-se:
a) Lambedura constante e excessiva em mesmo local (muitas vezes além de lamber o pêlo, o animal também o mastiga),
b) Rarefação pilosa
c) Formação de lesão que geralmente apresenta-se circular, devido à alta contaminação da boca dos animais.
Estas lesões podem agravar-se, resultando em infecções secundárias exudativas e purulentas.
Outros sintomas também correlacionados são: o emagrecimento sem causa aparente, a irritabilidade e mudanças nos hábitos de higiene, no caso de gatos.
Ocasionalmente, pode haver uma outra causa associada que induz e/ou agrava o quadro, como atopia, dermatofitose, hipersensibilidade alimentar ou dermatite alérgica a picada de pulga. Entretanto, essa não é a etiologia habitual e acredita-se que a causa principal da ansiedade sejam fatores psicológicos, incluindo deslocamento, introdução de novo animal ou bebê na casa, novos móveis ou mudança de posição do mobiliário antigo, mudança do lugar do comedouro e das bandejas sanitárias, viagem, competição e invasão ou perda de território.

Diagnóstico
O diagnóstico da dermatite psicogênica normalmente é fechado através da associação da sintomatologia com a exclusão das outras enfermidades dermatológicas.
Diagnóstico diferencial para sarna demodécica, atopia, dermatofitose, hipersensibilidade alimentar, dermatite alérgica a picada de pulga, dentre outras dermatopatias.
Para tal são feitos seguintes exames complementares:
a) Raspado de pele superficial e profundo,
b) Luz de Wood (pode ser utilizada),

Tratamento
O tratamento desta enfermidade envolve diversos fatores, sendo o primordial deles, a correção do fator desencadeante, porém é neste quesito que se encontra a dificuldade do tratamento, pois muitas vezes encontrar a causa primaria não é algo tão lógico e simples. Nestes casos, a contribuição do proprietário é de fundamental importância para a instituição do tratamento e o seu sucesso.
Após determinar e corrigir a causa do distúrbio, este pode ser controlado com a administração de ansiolíticos por no mínimo 30 dias. Normalmente o tratamento varia de 2 a 4 meses.
As lesões devem ser higienizadas com produtos anti-séptico de 2 a 4 vezes ao dia e xampu terapêutico 1 ou 2 vezes por semana, dependendo da gravidade do quadro.
Nos casos em que a contaminação das lesões for muito grave (dermatite úmida aguda), recomenda-se associar ao tratamento tópico, um antibiótico via oral.
È importante que durante o tratamento o animal seja mantido com colar cervical, para evitar recontaminação das lesões e facilitar a repilação.

Conclusão
Como todos os distúrbios comportamentais, as dermatites psicogênicas têm difícil tratamento e podem se tornar recorrentes. O tratamento com ansiolíticos costumar ser efetivo, porém este deve ser administrado por um longo período.
Como a causa muitas vezes deve-se ao atual tipo de vida dos proprietários nos grandes centros urbanos, não existe uma forma de prevenir se o animal irá desenvolver o distúrbio. O que se aconselha são passeios constantes, deixar sempre disponíveis brinquedos para que os animais se distraiam quando estiverem sozinhos, e fornecer o máximo de atenção possível aos animais.


 
 
 
 
Home   |   Ver Animação   |   Dog Vip   |   Classificão   |   Quem Somos   |   Contatos   |   Mapa do Site
 
 
 
Copyright © 2015 CenterVet. All rights reserved.