CenterVet
Clínica Médica
Gestação e Parto
 

A gestação da cadela e da gata tem uma duração de 58 a 63 dias, esse tempo é influenciado por vários fatores, como por exemplo número e tamanho dos filhotes.

- A gestação deve ter acompanhamento veterinário e pode ser confirmada por ultra-sonografia a partir dos 20 dias que também irá mostrar o número de fetos e sua posição no útero.
- O diagnóstico através da palpação pode ser feito a partir dos 30 dias.
- Com 35 dias já se observa o desenvolvimento das glândulas mamárias que ficam rosadas e túrgidas.
- Com 40 dias o abdômen já está aumentado.
- Aos 45 dias o Raio-X já mostra ossos da cabeça, vértebras, costelas e ossos longos dos membros.
- Com 49 dias a cabeça dos fetos já é bem palpável e há grande aumento das glândulas mamárias.
- A partir de 50 dias de gestação, o movimento dos filhotes já pode ser visto quando a cadela está deitada.
- A partir de 56 dias os filhotes já podem nascer de forma segura.


Raio-x em cadela com aproximadamente 64 dias de gestação: cadela não entrou em trabalho de parto e foi necessário cesareana.


Ultra-som em cadela com aproximadamente 55 dias de gestação para avaliação dos fetos e da gestação.

Nenhum medicamento deve ser administrado sem a nossa orientação veterinária, sob o risco de mal formação dos filhotes.

Durante a gestação sua alimentação deve ser reforçada. O uso de ração balanceada de boa qualidade e de formulação para filhotes ou própria para fêmea gestante é a melhor forma de garantir os nutrientes necessários, sem a necessidade de suplementação extra.

Uma dúvida muito freqüente é a suplementação com cálcio para a gestante, que deve ser feita apenas com a nossa orientação veterinária, esse é um cuidado muito importante para o momento do parto e amamentação, épocas em que a quantidade desse mineral é muito requerida. Na falta dele, a cadela poderá apresentar um quadro de eclampsia que se caracteriza por tremores e incoordenação. Se isso acontecer, a cadela deve ser levada imediatamente à nossa clínica veterinária.

Duas semanas antes do parto prepare o local onde a fêmea irá ter seus filhotes e a estimule a deitar e dormir lá. Isso a deixará mais segura na hora do parto.

Na última semana de gestação já se deve estar com tudo preparado, caso os filhotes nasçam antes do tempo. Deixe de fácil acesso toalhas, jornais e nosso telefone celular caso seja necessário levá-la a nossa clínica numa emergência.

Situações quando são estressantes para a gestante como banho, viagens ou crianças querendo brincar com ela podem desencadear o parto precocemente. Tente evitá-los nas duas últimas semanas.

Os primeiros sinais iniciam com 48h antes do parto, quando começa a produção de colostro e a fêmea começa a construir um ninho.

24h antes ocorre secreção vaginal esbranquiçada, decréscimo de um grau e meio na temperatura que o normal é 38,5ºC vai para 37ºC e ela para de se alimentar.

Quando chega a hora do parto as fêmeas demonstram desconforto, não acham posição para se deitar, respiram de forma acelerada como se estivessem com dor e lambem e olham para a vulva. As contrações podem ser observadas num movimento decrescente como se estivesse com vontade de defecar.

Impeça que ela vá parir em locais de difícil acesso como em baixo de camas ou móveis.

Após o começo das contrações pode levar 4h para a saída do primeiro filhote. O intervalo entre os nascimentos pode ser de 15 minutos até 2 horas.

Após o nascimento do primeiro filhote, a fêmea irá cortar o cordão umbilical, lamberá o filhote para estimular a respiração e secá-lo, e irá comer a placenta. Cada filhote será acompanhado de uma placenta. Deixe que ela coma, pois a placenta e rica em hormônios que ajudam o útero a voltar ao normal e aumentar a produção de leite além de fornecer nutrientes para a fêmea. Se possível, só permita que ela ingira no máximo 3 placentas, para evitar uma diarréia excessiva no pós-parto.

Vocês podem ajudar a mãe a limpar os filhotes com uma toalha macia, os enxugando até que chorem. Esfregá-los ao mesmo tempo que limpam, ajuda a estimular a respiração.

Os filhotes irão mamar logo após o nascimento e irão adquirir os anticorpos passados pelo leite materno. Fêmeas não vacinadas fornecerão bem menos anticorpos do que aquelas que tenham a vacinação em dia.

Importante: Situações onde o proprietário deve nos procurar com urgência:
- Quando os filhotes não nascerem até 63 dias de gestação.
- Quando ultrapassar o limite de 4 horas após o início das contrações e não nascer qualquer filhote.
- Quando o intervalo de nascimento de um filhote e outro ultrapassar 2 horas.
- Quando um filhote ficar preso na vulva mesmo a fêmea tendo contração.
- e Quando a fêmea ficar fraca sem conseguir ter contrações e começar a tremer, podendo estar iniciando a eclampsia.

Não se esqueçam, consulte-nos quando estiverem com dúvida, não tomem nenhuma decisão precipitada. Vocês poderão estar colocando em risco tanto a vida dos filhotes quanto a da mãe.

 

 

 
 
 
 
Home   |   Ver Animação   |   Dog Vip   |   Classificão   |   Quem Somos   |   Contatos   |   Mapa do Site
 
 
 
Copyright © 2005 CenterVet. All rights reserved.